sábado, 31 de dezembro de 2016

Favoritos de 2016

Olá Pessoas do Futuro!
O ano de 2016 está a chegar ao fim e com ele chegam as despedidas e as retrospetivas daquilo que mais gostamos no ano. Como já é tradição neste blog, irei enumerar aquilo que eu mais gostei durante o ano de 2016, dividindo por categorias.
Para verem os posts de 2013, 2014 e 2015 basta clicar no respetivo ano.


Doce
Os meus doces favoritos, não só este ano, foram e são os macarons. São uns biscoitos que ao mesmo tempo são doces mas frescos, contendo um creme dos mais variados sabores no seu interior.

Salgado
O prato de salgado que eu vou escolher para favorito do ano não é um que eu provei este ano mas é aquele que eu mais tive vontade de comer durante o mesmo.


- -

Livro
O livro que mais me apaixonou este ano foi o Just One Day (Apenas Um Dia) de Gayle Forman, a mesma escritora de Se Eu Ficar. Eu considero-o um romance para adolescentes e jovens adultos e foi pelo facto de eu ter gostado que este livro mais me impressionou (eu, geralmente, não gosto de lamechismos e romances clichés). Eu não achei este tipo de romance cliché, até porque o livro fala de coisas que eu nunca tinha pensado, mas que para mim fizeram todo o sentido.

Filme
O Filme Alice Through the Looking Glass (Alice Através do Espelho) foi sem duvida o meu filme preferido do ano. Infelizmente não tive oportunidade de o ir ver no cinema, mas, mesmo assim, a emoção foi-me transmitida através da má qualidade do site pirateado que me forneceu o filme com legendas chinesas e com brasileiras por cima.
O filme fala sobre o regresso de Alice ao país das maravilhas em pedido de socorro por parte dos seus amigos preocupados com a doença do Mad Hatter (Chapeleiro Maluco).
Outro dos motivos por também ser fã do quarteto Tim Burton (realizador), Danny Elfman (músico e compositor), Johnny Depp (ator) e Helena Bonham Carter (atriz).

Série
O ano passado não pude escolher entre Once Upon A Time e Arrow - porque estava completamente viciada nas duas -  e este ano a situação piorou. Comecei a ver Conviction e The Flash, para não falar da quantidade de séries de comédia que também passei a ver (entre as quais, The Middle).
Por isso, este ano decidi que a minha série preferida é Once Upon A Time. A série aborda todos os contos de fadas da Disney e mistura-os até mais não e, por vezes, chega a alterar o papel de determinadas personagens entre o bem e o mal.

Anime
O meu anime preferido do ano tem de ser Free!. Este foi lançado no verão de 2013, contou com a segunda temporada no ano seguinte e um filme em 2015 que foi lançado nos cinemas japoneses. É o primeiro anime relacionado a desporto que eu gostei. O anime fala de um grupo de quatro rapazes  do 6ºano com nomes femininos Haruka, Makoto, Nagisa e Rin que participaram num concurso de natação e venceram. No entanto, tiveram que se separar. Rin foi para a Austrália estudar e os outros três reencontraram-se no ensino secundário. O anime gira à volta do regresso de Rin ao Japão e a sua disputa com Haru para decidir quem é o melhor nadador.

- -


Youtuber Estrangeiro
Eu respondi a uma TAG toda sobre os Youtubers que eu sigo (clica aqui para ler), mas na altura não tive oportunidade de falar da youtuber que mais me surpreendeu, pela positiva, este ano. Estou a falar da Jessie Paege, a nossa mãe sereia com cabelo de sereia.

Youtuber Nacional
A Youtuber portuguesa que mais acompanhei este ano foi a Maria Vaidosa. Eu já subscrevo o seu canal desde o começo do canal (Novembro de 2014 subscrevi e o canal começou a Setembro do mesmo ano).

Blogger Estrangeira
Este ano não comecei a seguir uma blogger, nem me foquei numa em especifica. Continuei a
acompanhar blogs que eu já seguia em anos anteriores.
Blogger Nacional
Posso ser egocêntrica e dizer que o meu blog favorito deste ano é o meu? Eu estou muito orgulhosa daquilo que o blog cresceu e da forma como a minha escrita evoluiu ao longo destes anos. Não sou apenas eu que estou de parabéns, vocês também estão! Obrigada!

Aplicação
A aplicação para o telemóvel que eu mais utilizei e viciei este ano é o jogo Color Switch. Este jogo consiste em passar o dedo para que passemos por obstáculos da mesma cor que a nossa bolinha. Dito desta forma parece muito aborrecido mas eu prometo que é muito divertido e muito viciante.

Site
O site mais pesquisado por mim este ano foi o Pinterest. Eu uso-o não só para procurar imagens bonitas e fazer montagens para o blog, como também para tirar inspiração e ideias para o meu dia a dia.

- -


Música
A minha música do ano é da banda 5 Seconds Of Summer, chama-se Girls Talk Boys e foi lançada para o filme Ghostbusters de 2016.

Álbum
O meu álbum favorito sem dúvida que foi Revolution Radio da banda Green Day. Já falei desta banda aqui no blog múltiplas vezes e espero que o meu amor pela música deles continue até 2040, pelo menos.

Video clip
O vídeo que mais me arrepiou este ano foi o video clip para a musica The Greatest da Sia. Este serviu como homenagem àqueles que morreram no tiroteio em Orlando a 12 de Junho/16 num bar gay. O crime foi classificado como terrorista ou ataque de ódio à comunidade LGBT+. O video transmite muita emoção e fez-me ficar muito incomodada e arrepiada também.

- -


Viagem
A melhor viagem que eu fiz este ano, não considero viagem, mas sim um passeio. Foi um dia no início de Junho em que eu fui visitar e passear pelo porto a pé com as minhas amigas. Fiquei a conhecer melhor o porto e passei a olhar para a beleza da cidade com outros olhos.

Lugar que conheci
Adorei conhecer Aranjuez em Madrid, Espanha, especialmente o palácio real e os seus jardins. Os réis e rainhas de Espanha recebiam a realiza estrangeira no palácio de Aranjuez antes de se mudarem para Madrid. Na minha opinião a cidade de Aranjuez é muito mais bonita que Madrid. A última vez que estive em Madrid foi por poucos dias mas esses dias não foram tão memoráveis quanto os que passei em Aranjuez.
Este destino é perfeito para quem gosta de realeza, de fazer muito turismo e de conhecer lugares com uma arquitetura e escultura muito belas.

Evento
Apesar do Iberanime deste ano ter sido um pouco confuso e desorganizado, a meu ver, em relação ao ano passado, eu adorei o evento e tive oportunidades de experimentar coisas que nunca tinha experimentado, tais como: comer um korea hotdog e andar numa roda para hamster do meu tamanho.

Fotos 1 a 5 - Aranjuez; Fotos 6 a 8 - Porto

- -

Marca
Este ano a Primark desiludiu-me um pouco e deixou de ter peças que eu considerava o meu estilo. Então vi-me obrigada a experimentar novas lojas. As que mais me surpreenderam pela positiva foram a Zara e a Stradivarius. A Zara é uma loja muito variada com peças tanto para 8 como para 80 e com um estilo diferente do habitual; enquanto que a Stradivarius é uma loja jovem que segue as tendências mas que, mesmo assim, tem peças diferentes e do meu agrado.

Estampa
As estampas que eu mais gostei de usar são aquelas que têm frases ou desenhos que fazem referência a um determinado livro, filme, série, banda, etc. Dessa maneira, estamos a expressar ao mundo aquilo de que gostamos e podemos conhecer pessoas que também gostam do mesmo que nós.

Tendência
Este ano, a tendência que eu mais gostei de ver foi a do cabelo colorido. Esta tendência já começava a borbulhar em 2015 nas redes sociais mas foi em 2016 que eu mais vi pessoas reais na rua com cabelos maravilhosamente coloridos.
Eu fiz um post no final de 2015 sobre este assunto para ver basta clicar aqui

Compra
A minha saia preta com botões na vertical foi sem dúvida a minha melhor compra do ano. Comprei-a na zara e tem uma ótima qualidade.

Lançamento
Não tenho a certeza de que este estilo foi lançado este ano mas tenho a certeza que a tendência das meias a cima do joelho foi uma tendência que eu adorei usar. Uso-as quando quero diferenciar uma combinação camisola-saia e resulta sempre.

Acessório
Já o ano passado referi e este ano também continuei a usar a moda do choker. Já falei várias vezes deste acessório aqui no blog e este não me desiludiu. Uso-o sempre que tenho uma camisola simples mas que ache que não combina com um colar regular. Quando se usa um conjunto básico, a melhor opção para lhe dar um up é apostar em acessórios.

Verniz para unhas
A única cor de verniz que me surpreendeu pela positiva este ano foi a cor midnight da essence. A cor é um azul marinho com brilhantes muito discretos e daí o nome midnight (meia noite). Eu continuo a gostar dos vernizes da essence por terem um pincel grosso e achatado e por terem uma secagem rápida.

Sapato
Os sapatos que mais usei foram as minhas botas da timberland em rosa pastel. Elas são o modelo tradicional da marca mas em vez de serem amarelo mostarda com a borracha em cima castanha, são cor de rosa com a borracha branca.

- -
É tudo por este ano! Espero que tenham gostado de 2016 tanto quanto eu. 
Bom Ano Novo 😊

sábado, 24 de dezembro de 2016

#XmasWithFlamiinga: TAG Natal

Olá Pessoas do Futuro e Bom Natal!!
Estamos na véspera de Natal e achei apropriado responder a uma TAG com várias perguntas relacionadas com este tema festivo. Como já tinha respondido a TAGs parecidas em 2013 e 2014, decidi juntar as duas e criar as minhas próprias perguntas.

1. Qual é a tua música natalícia preferida?
Sendo muito sincera, as músicas de Natal irritam-me. Ouvir uma ou outra de vez em quando é divertido, mas como vivemos num mundo pop que está sempre a repetir as mesmas músicas, estas tornam-se chatas, irritantes e aborrecidas.

2. Qual e o teu filme preferido de Natal?
Em TAGs anteriores respondi que o meu filme preferido era Um Conto de Natal de 2009 e continua a ser. No entanto há outro filme que vi este ano e que me agradou particularmente, O Estranho Mundo de Jack. Já falei dos dois filmes no meu post passado.

3. Quais as tuas cores favoritas do Natal?
Para mim as cores do Natal são o vermelho, o verde e o dourado e, para mim, o dourado é o mais bonito.

4. Qual é o cheiro que te lembra esta época natalícia?
Há vários. Para mim, qualquer cheiro que me lembra o inverno, lembra-me o Natal. O cheiro a canela, a rabanadas e a lanha queimada são aqueles que eu mais gosto.

5. No Natal, usas pijama ou roupa normal?
Com muita pena minha, vejo-me obrigada a vestir roupa normal, pois passo o Natal na casa da minha avó e não seria muito conveniente estar de pijama no caminho para lá.

6. Qual é a comida natalícia que mais gostas?
Entre o bacalhau cozido e o polvo, eu prefiro comer polvo e entre todos os doces que são servidos na minha mesa de Natal, aqueles que eu mais aprecio são o pão-de-ló e o pudim de ovos.

7. Alguma vez construíste ma casa de gengibre?
Nunca experimentei, apesar de ter muita vontade de o fazer.

8. Abres os presentes na véspera ou no dia de Natal?
Nenhum português que se prese iria conseguir esperar mais um dia para abrir os presentes e, ainda por cima, ter de se levantar cedo. Eu costumo abrir os presentes na meia noite (ou às onze e meia, como já aconteceu) de dia 24 para 25.

9. O que mais gostas de fazer nas férias de Natal?
Tenho adorado ver filmes e séries, incluindo animes. Este inverno, descobri um filme sobre o Walt Disney e como fora a sua vida antes de ter criado a célebre personagem Mickey Mouse. Uma série que comecei a ver chama-se The Flash baseada na banda desenhada da DC sobre o homem mais rápido do mundo. Por fim mas não menos importante, um anime que vi e concluí foi Yuri!!! On Ice. O anime é todo focado no desporto de inverno mais belo, a patinagem artística.
Apesar de nenhum deste filme/série/anime se passar no Natal, são todos os programas que eu adorei ver estas ferias e que recomendo a todos vocês.

10. Para ti qual é o significado do Natal?
O Natal pode significar muitas coisas tais como a reunião da família, a partilha de felicidade e experiências ou apenas uma troca de presentes entre os nossos entes mais queridos. Para mim, o Natal é isso e muito mais. É uma época onde nos reunimos e tentamos ser solidários para com os outros. Infelizmente, o Natal já se tornou muito comercial e Natal já não é Natal sem uma troca de presentes ou uma sessão de cinema em família.
Neste sentido, acho que o Thanksgiving americano é melhor celebrado. Esse feriado serve apenas para nos reunirmos à volta de uma travessa de peru enquanto dizemos o motivo pelo qual somos agradecidos por uma determinada coisa. É claro que até este feriado ficou comercial e como consequência o dia seguinte é chamado de Black Friday onde as pessoas enlouquecem com os preços baixos das lojas.
Não celebro o Thanksgiving pela simples razão de não ser americana, apesar de concordar com o propósito da data.

É tudo por hoje! Como é que está a ser o vosso Natal? Espero que esteja a ser ótimo! 

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

#XmasWithFlamiinga: 5 Filmes de Animação para toda a Família

Olá Pessoas do Futuro!
Como é que têm entrado nesta época natalícia? Na minha opinião, o que se deve fazer, depois de montar a árvore e respetivas decorações, para entrar no espírito é ver filmes relacionados com o Natal. Por isso, hoje trago uma lista com 5 filmes de Natal que são facilmente encontrados na Internet para os visualizar.
E prometo que na minha lista não há nenhum filme da saga de Sozinho em Casa ou Música no Coração.

O Estranho Mundo de Jack (1993)
Uma lista com filmes de Natal que se prese tinha que ter o clássico filme de animação The Nightmare Before Christmas escrito por Tim Burton, dirigido por Henry Selick e com a música composta por Danny Elfman. Este filme foi produzido nos estúdios da Disney.
(da esquerda para a direita) Tim Burton e Danny Elfman em 1993
Henry Selick em 1993
Para quem nunca ouviu falar deste filme, este conta-nos a história de Jack Skellington, o Rei das Abóboras. Jack vive em Halloween Town e é o responsável pela organização do Halloween todos os anos. Numa noite quando Jack já está farto do Halloween, encontra a Christmas Town, onde fica apaixonado pelo espírito natalício. Jack conta aos habitantes da sua cidade o que tinham visto e estes acabam por raptar o Pai Natal para que os cidadão de Halloween Town pudessem organizar o Natal.


Esta animação por ser sombria e conter desenhos obscuros, trata o Natal de uma maneira nunca antes tratada. Apesar disso, esta animação continua a ter o espírito natalício da época envolvendo valores como solidariedade, amor e problemas de identidade. 
Este filme não é apenas uma animação, é também um musical!
- -


O Expresso Polar (2004)

The Polar Express é um filme que eu considero clássico, pois fez parte da minha infância. Este filme foi o primeiro feito com captura digitalizada de movimentos. Isto quer dizer que para as personagens do filme se movimentarem, o produtor usou um fato que é capturado digitalmente.
O filme foi dirigido por Robert Zemeckis que também escreveu o argumento com a ajuda de William Broules Jr baseado no livro de Chris Van Allburg.
Robert Zemeckis
William Broyles Jr.
Chris Van Allsburg
É véspera de Natal no Canada em finais de 1950 e um rapaz está acordado. Este não acredita na existência do Pai Natal e anseia que a sua crença volte. De repente, o rapaz ouve um barulho e, ao sair de casa, vê um comboio enorme à sua frente. Esse comboio é chamado de Polar Express e tem como destino o polo norte. O condutor convida-o a entrar e é aí que a sua aventura começa.
Tom Hanks
Tom Hanks é o ator que mais personagens fez. Desde o Pai Natal, a Pai do Rapaz, a condutor, a sem-abrigo e herói.
- -


Um Conto de Natal (2009)
A Christmas Carol é um filme que eu gosto particularmente. Conta um conto de Natal clássico e famoso de uma maneira diferente adaptada para toda a família. A história original (com o mesmo título) foi escrita por Charles Dickens e conta com várias adaptações para cinema, sendo esta a terceira feita pela Disney. O realizador é o mesmo do filme anterior (Robert Zemeckis) e este conta com a participação de Jim Carrey em vários papeis (o protagonista Scrooge em criança, adolescente, jovem adulto, de meia idade e já velho, Espírito do Natal Passado, do Natal Presente e do Natal Ainda Por Vir).

Jim Carrey
Ebenezer Scrooge é um velho rico e forreta que entrou na época natalícia com o seu mau humor de sempre, gritando com o seu fiel empregado e o seu alegre e carinhoso sobrinho. Assim que os Espíritos do Natal do Passado, Presente e Futuro o levam numa viagem que, por revelar muitas verdade, o velho Scrooge não quer enfrentar, este vai ter de abrir o seu coração para corrigir anos de maldade antes que seja tarde de mais.

Este é talvez o meu filme natalício preferido, pois valoriza valores como solidariedade, bondade e desvaloriza o facto de contermos muito dinheiro.

- -
A Origem dos Guardiões (2012)
Dos criadores de Shrek e Panda do Kung Fu, A Origem dos Guardiões foi realizado Peter Ramsey e conta com a música de Alexandre Desplat.

Peter Ramsey
Alexandre Desplat
O filme conta a história de Jack Frost, o controlador do inverno, que se juntou à equipa de Guardiões para impedir que Breu, uma espécie de bicho-papão, torne os sonhos das crianças em pesadelos e que governe o mundo com os seus puderes maquiavélicos.


Este filme conta com a participação de Chris Pine no papel do protagonista, de Hugh Jackman no papel de Coelho da Páscoa, de Isla Fisher no papel de Fada dos Dentes e de Jude Law no papel de Breu.
(da esquerda para a direita: Chris Pine, Hugh Jackman, Isla Fisher e Jude Law)


- -

 Grinch (2000)
Outro dos Grandes clássicos de Natal é o filme Grinch (How Grinch Stole Christmas) que foi realizado por Ron Howard e conta com a musica de James Homer. O argumento foi escrito e adaptado por Jeffery Price e Peter S. Seaman da história com o mesmo título escrito originalmente por Theodor Seuss Geisel.
Rom Howard e James Homer
Grinch é uma espécie de criatura verde que odeia o Natal e, por isso, decide criar um plano para impedir que os habitantes da cidade de Quemlândia possam comemorar a data. Na véspera  do grande dia, Grinch decide invadir as casas dessa mesma cidade, roubando tudo o que ele encontra relativo ao Natal.
Este filme é muito divertido e ótimo para uma sessão de cinema entre família.



Por hoje é tudo! Ficaram curiosos com algum destes filmes? Desejo a todos um Bom Natal!